Crise da zona euro

“O problema não é a Grécia. É a Europa”

Publicado em 14 Junho 2012 às 13:09

Cover

Com a aproximação das eleições gregas de 17 de junho, o jornal Le Soir consagra um dossiê especial à crise do euro e aos meios para dela sair.

A editorialista principal do diário de Bruxelas, Béatrice Delvaux, diz que o caso grego é mais o sintoma do que a causa do mal que atinge a Europa:

O país faliu. Mas a cura que lhe foi imposta só apertou o cinto, sem lhe dar o tempo – fatalmente longo – e os meios para um reordenamento fundamental. […] Se o caso grego tivesse sido bem gerido, a Europa não teria conhecido o louco descarrilamento dos últimos meses.

Newsletter em português

A crise grega tem sobrecarregado o resto da União, é certo, mais seria simplista ficarmo-nos por esta explicação. “O momento será crucial, mas o desafio europeu é muito mais importante. Os prazos de pagamento gregos só o cristalizam”, escreve Béatrice Delvaux, que acrescenta que a Europa já não encanta, que a complexidade dos seus desafios a torna incompreensível e que é necessário um novo impulso:

Nunca como agora foi tão necessária a solidariedade entre os países europeus, nunca como agora fomos tão política e democraticamente incapazes […] Por isso, é necessário encontrarmos a coragem política e ideias fortes para retraçarmos um caminho comum e prometedor. Caso contrário, é a própria democracia que perecerá com o desmoronamento do euro. E esta necessidade continuará a existir mesmo que os gregos, no domingo, ‘votem bem’ (ou seja: votem nos partidos que estão dispostos a aceitar as reformas). Repito: o problema da Europa não é a Grécia. É a Europa.

Tags

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico