Focus, 1 Fevereiro 2010

Tristeza a Ocidente

Publicado em 2 Fevereiro 2010 às 14:58
Focus, 1 Fevereiro 2010

Cover

Vinte anos após a queda do Muro de Berlim, a reunificação “deixou a Alemanha Ocidental exangue”, diz a Focus. Os pactos de solidariedade (I e II) assinados, nessa época, entre os Länder [regiões] da RFA e os da RDA, com o objectivo de suportarem a economia arruinada destes últimos (o pacto II está em vigor até 2019) representou “1 600 mil milhões de euros, que permitiram aos municípios do Leste da Alemanha conhecerem uma prosperidade única na História”, segundo um estudo da Freie Universität Berlin, citado por aquele semanário. Actualmente, explica a Focus, “os municípios do Leste têm infra-estruturas muito melhores do que os seus congéneres do Ocidente”, e melhor saúde financeira. Assim, “Dresde [Leste]: 0 euros de dívidas. Gelsenkirchen [Oeste]: 302 milhões de dívida, e terá de fechar as piscinas municipais”. Görlitz (Saxe), “recuperou o seu centro histórico por 500 milhões de euros”, enquanto as cidades do Reno (Ocidente) têm dívidas que atingem os sete mil e 500 euros por habitante… e os exemplos não se ficam por aqui.

É uma organização jornalística, uma empresa, uma associação ou uma fundação? Consulte os nossos serviços editoriais e de tradução por medida.

Apoie o jornalismo europeu independente.

A democracia europeia precisa de meios de comunicação social independentes. O Voxeurop precisa de si. Junte-se à nossa comunidade!

Sobre o mesmo tópico